O que você precisa para iniciar o curso Prático


O curso prático da EPA visa a obtenção da habilitação de multimotor terrestre – avião (MLTE) e pode ser integrado aos cursos de Piloto Comercial de Avião (PCA) e de Voo por Instrumentos (IFR). A metodologia utilizada é baseada em competências onde são observadas as habilidades de comunicação, consciência situacional e proficiência técnica, sempre visando a segurança operacional como principal pilar da pilotagem.

Parte prática

O treinamento é composto pela carga horária mínima de 12 horas de voo e para que o piloto inicie o treinamento na aeronave, porém a carga horária poderá variar de acordo com o desempenho individual do aluno.

Programação

(1) reconhecimento e gerenciamento de ameaças e erros;

(2) procedimentos anteriores ao voo, incluindo peso e balanceamento e verificação das condições gerais de aeronavegabilidade do avião;

(3) operações em aeródromos e em circuitos de tráfego; precauções e procedimentos de prevenção de colisões;

(4) controle do avião utilizando referências externas;

(5) voo em baixas velocidades, reconhecimento e recuperação do pré-estol, estol e recuperação de estol;

(6) voo em altas velocidades e recuperação de picadas;

(7) decolagens e pousos com ventos de frente e de través;

(8) voo com referência dos instrumentos, com curvas niveladas de 180 (cento e oitenta) graus e 360 (trezentos e sessenta) graus;

(9) voo de navegação por contato/estimada entre aeródromos controlados, utilizando procedimentos e fraseologia do controle de tráfego aéreo;

(10) operações de emergências com falhas simuladas de equipamentos e de um motor da aeronave.

Aeronaves Recomendadas

Multimotor

Piper Seneca I